segunda-feira, 16 de abril de 2012

“Mas agora, ó Senhor, tu és nosso Pai; nós somos o barro, e tu o nosso oleiro; e todos nós obra das tuas mãos.”

(Isaías 64:8)

“Não é você que molda a Deus mas Deus que molda você. Se você é a obra de Deus, aguarde o trabalho artístico de Suas mãos no tempo devido. Ofereça a Ele seu coração, suave e dócil, e mantenha a forma em que o artista o modelou. Deixe seu barro manter-se úmido, para que você não endureça e perca a impressão de Seus dedos.”

Temos sido gratos a Deus pelo que Ele tem feito em nossas
vidas? Temos compreendido que Ele sabe muito melhor do que nós o caminho que nos conduzirá à verdadeira felicidade?
Temos tido a paciência de esperar pelo momento certo de tudo acontecer sem a ansiedade de ver os resultados de acordo com nossa vontade?

Muitas vezes queremos dirigir os passos de Deus, tentando
ensinar-Lhe a hora e a maneira correta de agir a nosso
favor. Queremos tudo e a todo momento, mas o nosso Pai sabe do que necessitamos e o momento oportuno de nos atender. Ele é o Oleiro e nós apenas o barro em suas mãos.

Quando é necessário, aperta-nos um pouco aqui e outro pouco ali, moldando-nos para que, ao final, tenhamos a beleza e a finalidade para a qual nos criou. A nós cabe simplesmente confiar no Seu amor e sabedoria e esperar pela bênção que, sem dúvida, logo chegará.

Que cada um de nós, como filhos amados do Senhor,
conservemos o brilho da ação de Deus em todas as nossas
atitudes e que jamais as marcas de Seus dedos desapareçam de nossas vidas.

Você tem seu coração endurecido? Deixe que o Senhor Jesus o umedeça com Sua graça moldando-o segundo Sua vontade. Sua vida será bem mais feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário